Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

(Des)Faz-me!

Foto: Paulo Madeira

 

 

Baforada de tempo

mostra-se na janela

despe-se ao mundo

de onde o olho

assustado,

profundo.

Esconde-se do medo,

nas sombras perdido.

Desfaz-me de amor...

amordaça-me o sentido

...do real,

do supérfluo ,

do normal.

Desfaz-me, amor...

rasga-me as máscaras

afoga-me o medo,

o pavor... de ser

de continuar,

de fugir

de mudar

de viver.

Faz-me de amor...

onde o silêncio e a distância

abafa o mais longinquo

e profundo rumor.

O meu corpo,

a minha mente

e o meu desejo

pede-te:

Faz-me amor!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tags: , , ,
publicado por Sara Rocha às 15:09
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. (Des)Faz-me!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds