Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

Quantas?

 

 Foto: DDiarte

Quantas vidas cabem numa vida?

                  Pois, se a vida é um mundo que circula, uniforme e finito...

 

                                      Entre a vida e o profundo da noite sou Eu, descrente, imersa num silêncio medonho, tremendo...

                                                                                                                          Que breu, que imenso negro escorre de mim.

Pois, se eu soubesse....se eu soubesse quantas, quantas vidas..

 

que soprassem os ventos do medo,

que trovejasse de raiva,

que se fundisse o amor, o ódio, a paixão...

que chovessem angustias, dúvidas..certezas,

que as mentes e os corpos entrassem em erupção,

tanto fazia...

aí saberia até onde ela,

a imensa e curta vida iria...

 

 

The Story - Brandi Carlile

 

 

 

 

tags: , ,
publicado por Sara Rocha às 19:03
link do post | favorito
26 comentários:
De Lobo das Estepes a 2 de Setembro de 2008 às 10:03
Sublime poema. A mente humana naquilo que mais tem de esconso- o medo, a angústia, a paixão o ódio todas as emoções fonte de dor-. Um poema negro como breu, mas temos que nos conformar que longa é a noite da condição humana, ainda que brilhe nela a luz a espaços.

Um bem haja poeta Sojacáustica

Lobo das Estepes
De EU a 2 de Setembro de 2008 às 09:36
Boa pergunta!
E eu pergunto-me, também, quem será esse Ser magnifico que se intitula Sojacaustica capaz de me surpreender sempre que a leio.
Excelente post, inquietante, extremamente bem escrito, aliás, você escreve de uma maneira muitissimo inteligente.
Os meus sinceros parabéns!
De Pedro Salvador a 2 de Setembro de 2008 às 09:29
20 valores.
E mais não digo.

De Nuno a 1 de Setembro de 2008 às 23:28
Cada vez melhor...superaste-te...meus parabéns!

(estou sem palavras)
De Laranja Mecanica a 1 de Setembro de 2008 às 21:39
Brutal Soja!
Amei esse teu post nina
De Aníbal Coutinho a 1 de Setembro de 2008 às 20:12
FABULOSO, não tenho palavras para descrever a torrente de sensações que este post transmite.
Cada vez melhor, Sojacaustica!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Continua

. Sem tempo

. Quantas?

. Carta de Amor

. Dance me...in Donostia!

. Este Amor

. Feliz cumpleaños!

. Alucinação

. Poema de amor.

. Agarra ou foge!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds