Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

Discrepâncias

Foto: António Carreteiro

Foto: António Carrateiro

 

E de repente... o tempo fragmentou-se

e pequenos nadas flutuam

na memória de um Eu que foi

e é, neste agora

despojado de mim,

uma espécie de fractal

que supera

que transforma

e que impera

num eterno multiplicar de um Ser

que demora,

que ri, que chora

numa cornucópia de vida

que não é, senão

uma eterna ampulheta que vira e revira

e tudo continua

na infinita discrepância

de um eterno nada

carregado de mim

que teme

mas,

que também implora

pelo fim!

 

 

Pavlov's Dog - Subway Sue

 

 

 

 

publicado por Sara Rocha às 16:46
link do post | favorito
45 comentários:
De Violeta Teixeira a 4 de Junho de 2008 às 21:45
Que dizer deste suposto poema? Sabe, com efeito, a «saujacaustica». Diria melhor, a soda caústica. A anmpulheta pinga, quer queira, quer não. E pinga, no seu caso, soda caústica. Não se escolhe a marca da água.. E as sombras acasalam com sombras. O Sol não nasce para todos. Fique à sombra de si mesma!
De Salito a 5 de Junho de 2008 às 18:08
Peço desde já desculpa à Sojacaustica pela petulância de tomar a sua parte e responder a este...que dizer...pequeno, incorrecto e lamentável comentário.
Estou estupefacto pelo facto de haver quem, por mesquinhez ou pretenso conhecimento ponha em causa tão belo Poema...repito...belo, especial, sentido e inteligente ...que não se restringe a utilizar palavras arcaicas e raras mas faz uma audaz ligação entre a verdadeira poesia, com sentimentos profundos, e a matemática...Reafirmo os meus sinceros parabéns Soja.
De Laranja Mecanica a 5 de Junho de 2008 às 18:18
Suposto???
suposto poema????
deves estar na tanga!
O k a Soja escreveu é pura e simplesmente lindo e acima de tudo inteligente.
De Pedro Salvador a 5 de Junho de 2008 às 18:37
A Sra. Violeta só lhe fica mal este género de comentários...pense duas vezes antes de se expor desta maneira tão picuínhas.

Fui ao seu blog, não volto.

Pedro Salvador

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Continua

. Sem tempo

. Quantas?

. Carta de Amor

. Dance me...in Donostia!

. Este Amor

. Feliz cumpleaños!

. Alucinação

. Poema de amor.

. Agarra ou foge!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds