Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

circuito fechado

                                                                                    Foto: Luís Gonzaga Batista

 Uma palavra nos une.

 Uma palavra comum.

 Uma palavra opõe-nos.

 ...uma palavra de amantes!

0101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101100101010101010101010101101

Uma fome do outro,

suficientemente feroz,

para querer absorve-lo,

aos bocados,

lentamente,

corpo e alma,

amor ,

desejo.

0101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101100101010101010101010101101 

Incorporar-me em ti

até desapareceres em mim.

0101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101100101010101010101010101101 

No amor acabamos sempre por devorar quem amamos. Porque o amamos.

0101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101100101010101010101010101101 

 

Já não sabemos onde começa um e onde o outro acaba.

 

 

0101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101010101100101010101010101010101101          

Um circuito fechado.

 

Excerto do conto Ana e Miguel de Sara Rocha,( 1993)

Kaiser Chiefs - Ruby

 

 

publicado por Sara Rocha às 18:19
link do post | favorito
14 comentários:
De Marta Fernandes a 23 de Abril de 2008 às 18:59
FANTÁSTICO!!!!!!!!!!!!!!!
De Lilás a 23 de Abril de 2008 às 15:23
Genial!
De Nuno a 21 de Abril de 2008 às 18:14
De onde vem a energia que alimenta o circuito fechado? De onde brota? Para onde vai?

Que os zeros não se representem a eles próprios.

E que um seja o que ansiamos, ouro perdido neste deserto de cobre e silício.

Mais uma vez, surpreendeste. Parabéns.
De cavalo alado a 21 de Abril de 2008 às 18:00
Soja, você é demais. Sempre a surpreender os seus leitores...Tanta imaginação, será que é?
Mas, real ou idealizado, a verdade é que demonstra uma capacidade enorme de produzir bons e agradáveis textos.
Circuito fechado ? Ou labirinto? Este tem uma saída, não é?
Que mais dizer? Se ao menos a conhecesse!!!
Será que isso é possível???Gostava mesmo de ver quem é a dona de uma tão grande capacidade.
Até sempre Soja, continue a deliciar-me com os seus escritos, ao menos isso...
De Lua Nova a 21 de Abril de 2008 às 16:27
Interessante.
Diferente.
Faz-me pensar.
Você tem um dom Sojacaustica, aproveite-o!
De Laranja Mecanica a 21 de Abril de 2008 às 16:08
UAUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
SURPREENDESTE-ME!
que paralelismo interessante.
Kaiser Chiefs (tens bom gosto, nem parece da mesma pessoa que colocou o Joe Dassin, mas, compreende-se pk.)
De Sopa de Letras a 21 de Abril de 2008 às 12:22
Interessante esse paralelismo que estabelece entre o amor ( sentimento humano - o + nobre) e um circuito fechado, uma placa de um PC, com a linguagem binaria. Extraordinário esse raciocinio, o que não deixa de ser verdade, quando amamos, estabelece-se com o "outro" um circuito fechado onde tudo depende do "nós".
Electrónica+poesia+matemática: SOBERBO Sojacaustica!!!
De Pedro Salvador a 21 de Abril de 2008 às 11:34
Numa só palavra: EXCELENTE!

(Você é a Sara Rocha, não é???ok, não responda, não faz mal)
Esse conto está editado?
De Sara Rocha a 21 de Abril de 2008 às 12:19
Não está editado ;-)
De Aníbal Coutinho a 21 de Abril de 2008 às 10:27
* Alvalade (perdoem-me os Sportinguistas)
De Aníbal Coutinho a 21 de Abril de 2008 às 10:26
Está genial, Sojacaustica!
Fiquei sem palavras, continuo a processar o que li, e, confesso, nunca tinha visto o amor nessa perspectiva. Aliás, é fenomenal como consegue comparar o amor com uma placa de um PC. Realmente, esse sentimento, é, um circuito fechado, onde muitas vezes um engole o outro, ou o próprio sentimento "fecha" os individuos do "mundo".
Essa ideia da linguagem dual é de uma criatividade for de série.
Os Kaiser Chiefs, fui vê-los no Alvalçade XXI antes de actuarem os U2 e adorei.
Parabéns por este magnifico post.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Continua

. Sem tempo

. Quantas?

. Carta de Amor

. Dance me...in Donostia!

. Este Amor

. Feliz cumpleaños!

. Alucinação

. Poema de amor.

. Agarra ou foge!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds