Quarta-feira, 12 de Março de 2008

Vermelho

                                                 Foto: DiArte

Vermelho.

Cor

transcendente e ilimitada,

odiada

amada

sentida

e negada

Vermelho de carne

de entranhas partilhadas

de sussurros, abraços

gemidos

estilhaços de amor

desejos...

de tempos vividos

com vontade,

com alegria,

com dor

...aquela que é doce

violenta, intensa,

mas lenta.

Vermelho de boca

quente

escarlate

faminta de língua,

de beijo

de amor ardente

de ti,

de mim

Vermelho...de nós.

 

Theatre scene from Krzysztof Kieslowski's 'Trois couleurs rouge'

publicado por Sara Rocha às 21:37
link do post | favorito
5 comentários:
De tonecaspintassilgo a 15 de Março de 2008 às 03:55
Talento...sensibilidade...bom gosto.
Quem me dera aquela tarde junto ao rio, sentindo tudo isso e muito mais...
T.P.
De cavalo alado a 14 de Março de 2008 às 10:41
Soja, completa assim a triologia da cor. O Vermelho na sua cor viva, quente.
Viva e quente como um empolgante romance que atira dois seres para prazeres que atingem o zénite quando se encontram e se entrelaçam num ôde de prazer sublime e celestial...
Boa a minha imaginação, não acha? Infelizmente não passa de um ideal de uma alma que, por acaso tem no vermelho uma das suas cores preferidas...até no futebol...
De Marta Fernandes a 13 de Março de 2008 às 17:15
Lindo, com pormenores riquissimos.
Gosto de te ler.
E agora, o que vem?
Fico à espera.
De Aníbal Coutinho a 13 de Março de 2008 às 13:09
Vermelho de desejo e de amor( ainda bem que não foi de raiva!).
Magnifica a ligação entre a excelente foto, o seu poema sempre surpreendente e o clip da cena passada no teatro, que aliás tem tudo a ver com a foto que arranjou.
GEnial, diria, a maneira como conseguiu integrar estes três elementos.
Obrigado por nos ter trazido Krzsztof Kieslowski's, e parabéns pelo bom gosto.
De Pedro Salvador a 13 de Março de 2008 às 12:59
SOBERBO, Sojacaustica!
Excelente ligação, magnifico post.

Pedro

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Continua

. Sem tempo

. Quantas?

. Carta de Amor

. Dance me...in Donostia!

. Este Amor

. Feliz cumpleaños!

. Alucinação

. Poema de amor.

. Agarra ou foge!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds