Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Índigo

 

Foto: Luís Lobo Henriques 

 

                                       " Tengo el mar en los ojos , la tierra en mis entrañas "

                                                                                                 Gabriel Celaya

 

 

 

Sonhei contigo esta noite.

Com as tuas mãos

a pintar o céu de azul

...com cuidado,

lentamente,

pinceladas oblíquas

para trás, para a frente

...ternamente concentrado

no tremendo azul índigo

que neutraliza o resto

e eleva-me para um plano ambíguo

sem sol

só a brutal cor que te envolve

confunde

e  esconde

num imenso céu onde eu tento penetrar

de mergulho?

a voar?

tanto faz...

Quero entrar no céu etéreo

azul índigo .

Pintado por ti.

Contigo!

 

 

 

 

publicado por Sara Rocha às 15:39
link do post | favorito
6 comentários:
De Anónimo a 8 de Dezembro de 2007 às 15:18
Olá SOJA...
Pela 1ª vez reli um teu Poema.
Hoje, ao olhar para o Azul do céu senti a musicalidade das tuas profundas palavras cantarem dentro de mim...
Escreves como poucos e consegues com isso... despertar sentimentos...
Parabéns
De Tiago Nené a 3 de Dezembro de 2007 às 18:28
lindo:)
De Nuno a 3 de Dezembro de 2007 às 16:57
Mais uma vez...foi eleita uma variação de azul que poucos olhos conseguem disitnguir...

Porque será que escolhes as mais raras cores para pintar os teus poemas?
De henryheller36@hotmail.com a 3 de Dezembro de 2007 às 10:04
PS: A foto que ilustra o poema foi muito bem escolhida.

Lobo das Estepes
De henryheller36@hotmail.com a 3 de Dezembro de 2007 às 09:46
Só um verdadeiro poeta consegue descrever a felicidade humana através das mais belas metáforas. Esta metáfora que usaste define na perfeição essa felicidade almejada por todo o ser humano.
Este poema traduz para mim, um fresco de pintura, na medida em que parece que foi escrito ao ritmo do vai e vem do pincel de um pintor do Renascimento.
Também eu pobre humano que sou, desejo um dia mergulhar nesse céu etéreo azul índigo.

Continua a poetar Soja

Um céu azul índigo para ti

Lobo das Estepes
De Banderas a 1 de Dezembro de 2007 às 18:33
Olá SOJA, continuas em GRANDE.
Sabes! A noite é dos amigos e dos amantes!
A noite tem algo de mágico que convida ao sonho e à procura de emoções ...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Continua

. Sem tempo

. Quantas?

. Carta de Amor

. Dance me...in Donostia!

. Este Amor

. Feliz cumpleaños!

. Alucinação

. Poema de amor.

. Agarra ou foge!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds