Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

para ti

A tarde voou e levou-te com ela. Agora só a memória e a saudade de estar sentada em ti, de te ter dentro de mim e sentir as tuas mãos a percorrer o meu corpo e a apertá-lo...

... os teus beijos, adoro os teus beijos naqueles sítios que só tu sabes…

e o riozito de suor que escorre de nós e se mistura quando a realidade é ficção e o impossível se impõe e nos faz voar até ...até que o tempo se lembre de nós.

Estou a escrever para ti sabendo que nunca irás ler estas palavras, mas é quase uma continuação da nossa tarde..das nossas tardes que eu quero perpetuar nesta pequena carta a ti, para ti…

tags: ,
publicado por Sara Rocha às 12:26
link do post | favorito
|
5 comentários:
De Banderas a 3 de Fevereiro de 2007 às 19:48
Cheiro de Amor

De repente fico rindo à toa sem saber por que
E vem a vontade de sonhar de novo te encontrar
Foi tudo tão de repente, eu não consigo esquecer
E confesso tive medo, quase disse não
Mas o seu jeito de me olhar, a fala mansa meio rouca
Foi me deixando quase louca já não podia mais pensar
Eu me dei toda para voce
De repente...
E meio louca de prazer lembro teu corpo no espelho
E vem o cheiro de amor, eu te sinto tão presente
Volte logo meu amor

(Duda Mendonça, Jota, Paulo Sérgio Valle e Ribeiro)


De Banderas a 28 de Janeiro de 2007 às 12:42
Olá ... o Banderas voltou...

Se o novo ano te secou o cérebro, o frio congelou o meu...

Por isso passo apenas a citar a GRANDE SOFIA com um peoma para dar BRILHO ao "...riozito que escorre de nós.."

E DEPOIS DE UMA TARDE

" Apesar das ruínas e da morte
Onde sempre acabou cada ilusão
A força dos meus sonhos é tão forte
Que de tudo renasce a exaltação
E nunca as minhas mãos estão vazias"
De Trintage a 25 de Janeiro de 2007 às 19:41
Ainda que não faça a minima ideia (nem sequer imaginaria) de como poderás ser, confesso que é impossivel ler esta tua dissertação sem ficar com o DESEJO (para nós é mais facil senti-lo sem afecto...;-) absolutamente "ON"....
De Sara Rocha a 26 de Janeiro de 2007 às 12:12
upsss...quase te enviei uma foto!
De Antonio a 25 de Janeiro de 2007 às 16:46
Na natureza podemos encontrar diversas manifestações de carinho. As tuas palavras demonstram que te manifestas livremente e com um carinho imenso pela pessoa que viaja no teu imaginário. Gostaria de um dia, por um minuto que fosse ser essa pessoa.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Continua

. Sem tempo

. Quantas?

. Carta de Amor

. Dance me...in Donostia!

. Este Amor

. Feliz cumpleaños!

. Alucinação

. Poema de amor.

. Agarra ou foge!

.arquivos

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds